CSS3, Evento, HTML5, MVP ShowCast, W3C, Webcast

Palestra no MVP ShowCast 2013: Web Design Responsivo com CSS3

O evento MVP ShowCast 2013

MVP ShowCast Logo

MVP ShowCast é um evento virtual gratuito sobre tecnologias da Microsoft, sendo composto por uma série de webcasts transmitidos ao vivo e gravados para serem disponibilizados depois. O evento foi idealizado e é organizado por MVPs do Brasil com apoio da Microsoft. Mais informações no site do evento: http://mvpshowcast.azurewebsites.net.

A palestra Web Design Responsivo com CSS3

No dia 11 de novembro de 2013, eu apresentei o webcast da palestra Web Design Responsivo com CSS3 no evento virtual MVP ShowCast 2013.

Na palestra, eu apresentei o conceito de Web Design Responsivo, bem como as metas a serem atingidas para se conseguir ter um design responsivo em aplicações Web. Comentei sobre a introdução do termo Responsive Web Design pelo web designer Ethan Marcotte num artigo publicado em maio de 2010 no site A List Apart. Também abordei três das principais técnicas para se obter um design responsivo: grades flexíveis, imagens e vídeos flexíveis e media queries.

Comentei sobre as versões mais recentes de algumas ferramentas da Microsoft para desenvolvimento, como o Visual Studio 2013 (edições comerciais versões comerciais e gratuitas) e o Internet Explorer 11 Developer Tools.

Na demonstração, eu apresentei alguns dos conceitos de Web Design Responsivo formatando um site a partir de um site ASP.NET MVC 5 com conteúdo, iniciando a codificação da folha de estilo a partir do zero.

No final da apresentação, eu listei uma série de recursos na Web sobre Web Design Responsivo.

Seguem os slides da palestra Web Design Responsivo com CSS3.

Alguns questionamentos na palestra

Em Web Design Responsivo é comum usar um recurso do CSS3, denominado media queries, que usa a regra “arroba” (at-rule@media. Na sessão de perguntas e respostas, ao final da palestra, houve um questionamento sobre a existência de outras regras “arroba”. Há outras regras “arroba”, como: @page, @import e @font-face, dentre outras. Elas são consideradas regras de processamento especiais. Na especificação CSS Syntax Module Level 3 há informações mais detalhadas sobre “at-rule” no tópico Description of CSS’s Syntax.

Houve um outro questionamento sobre linguagens dinâmicas de folhas de estilo. Em geral, estas linguagens dinâmicas são usadas para suprir algumas deficiências das especificações de CSS. Normalmente, com estas linguagens, você consegue criar variáveis, regras aninhadas, funções e operações, mixins, etc. Duas das linguagens dinâmicas mais conhecidas atualmente são:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s